Rio - Atualmente na reserva do Flamengo, o goleiro Matheus Cunha, de 22 anos, é o jogador da posição mais valorizado fora do futebol europeu. De acordo com o O Observatório de Futebol do Centro Internacional de Estudos de Esporte (CIES Football Observatory), o jogador está avaliado em 15,5 milhões de euros (R$ 82,6 milhões).
O Rubro-Negro tem outro jogador na lista dos 10 mais valorizados. O titular da posição, Agustín Rossi, de 28 anos, seria o quarto goleiro com o maior valor de mercado. O argentino estaria avaliado em 8,2 milhões de euros (cerca de R$ 43,87 milhões).
A lista conta ainda com mais quatro jogadores que atuam no Brasil. Atrás apenas de Matheus está Bento, de 24 anos, do Athletico-PR, avaliado em 12,7 milhões de euros (cerca de R$ 67,95 milhões). Em terceiro, Gabriel Grando, de 23 anos, do Grêmio, que teria valor de mercado de 11,5 milhões de euros (algo em torno de R$ 61,53 milhões), em sétimo Keiller, do Internacional, de 27 anos, com 6,3 milhões (cerca de R$ 33,71 milhões) e fechando a lista, João Paulo, de 28 anos, do Santos, avaliado em 6,1 milhões (algo em torno de R$ 32,64 milhões).
Com passagens pela base do São Paulo, Matheus Cunha se profissionalizou pelo Flamengo em 2022. No ano passado, o jovem chegou a ser titular durante boa parte da temporada. Ele atuou em 36 partidas pelo clube carioca.
O Observatório de Futebol do Centro Internacional de Estudos de Esporte (CIES Football Observatory) citou o goleiro Matheus Cunha, do Flamengo, como o goleiro com maior valor de mercado entre os atletas da posição que não jogam no futebol europeu.

De acordo com o CIES, Cunha, de 22 anos, está avaliado em 15,5 milhões de euros (R$ 82,6 milhões). Ele supera Bento, do Athletico-PR (R$ 67,7 milhões), e Gabriel Grando, do Grêmio (R$ 61,3 milhões).