Caetano: "Temos certeza de que aqueles que irão à Ilha e ao Maracanã apoiarão o Flamengo"

Foto: Gilvan de Souza

Foto: Gilvan de Souza

No dia seguinte à derrota por 1 a 0 do Mais Querido diante do Coritiba, o diretor de futebol Rodrigo Caetano concedeu entrevista coletiva na Sala de Imprensa Victorino Chermont, no Ninho do Urubu. A má fase da equipe foi o tópico principal da conversa entre o dirigente e os jornalistas.

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em vídeos da FlaTV Nação Rubro-Negra, com entrevistas exclusivas dos jogadores! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.

Precedendo o início das perguntas, Caetano deixou claro o descontentamento de todos os integrantes do departamento de futebol com os resultados recentes. Apesar dos placares adversos fora de casa, a força da Nação para apoiar o Rubro-Negro em busca do reencontro com o caminho das vitórias nas próximas partidas, válidas tanto no Campeonato Brasileiro, quanto na Conmebol Sul-Americana.

"Antes de qualquer situação, falo aqui em nome de todos do departamento de futebol sobre nossa frustração, principalmente com os últimos resultados. Dizer que ninguém aqui está minimamente confortável com essa situação e que essa oscilação da equipe nos preocupa muito. Nossa campanha fora de casa é pífia. Mas voltaremos a jogar em casa, onde nosso aproveitamento tem sido bom, principalmente em uma semana decisiva para nós", afirmou.

"Mesmo o torcedor estando frustrado e indignado, assim como nós estamos, temos certeza de que aqueles que irão à Ilha e ao Maracanã apoiarão o Flamengo, como sempre fizeram. Os números mostram o quanto o comparecimento e o apoio deles fazem a diferença para essa equipe nesse momento em que estão todos tentando buscar essa confiança, que certamente virá com o apoio desse torcedor", completou o dirigente.

Em seguida, Caetano comentou acerca do desempenho da equipe dentro das quatro linhas e dos dirigentes fora delas. Enfatizando a compreensão pelas cobranças que têm sido recebidas externamente, a indignação coletiva pelo momento que o Flamengo atravessa também gera cobranças internas, segundo o dirigente. 

"O sentimento, como disse, é de indignação e frustração ao mesmo tempo. Era natural que depois da derrota de ontem, teríamos que chegar ao Rio e recolher os cacos. Procuramos fazer isso desde ontem após o jogo", observou. "Temos um grupo de atletas responsáveis. Você não vê nenhum deles, principalmente nesse momento de sofrimento do torcedor, tendo imagens expostas, desrespeitando esse torcedor, muito pelo contrário. Nossa equipe fez bons jogos, mas em outros ficamos muito abaixo. Aceitamos e compreendemos a cobrança externa vinda da imprensa e da torcida. Sem violência, obviamente, mas os rótulos que são colocados devem ser contestados", disse Caetano.

"A profissão de todos nós que vivemos de futebol é de uma cobrança eterna. Nós temos a função de cobrar pelos desempenhos e pelos resultados. Isso foi e sempre será feito. Quem me conhece nesses 9 anos que estou no Rio sabe muito bem, mas também não vamos dar nenhum show para dizer que faço e aconteço. Até porque não acredito em nenhum tipo de sucesso desse jeito. Esse nível de exposição não trás resultado, pelo contrário. A cobrança no Flamengo sempre existiu, mesmo com os rótulos que são colocados em cima do Departamento de Futebol do Flamengo e sobre os atletas", assegurou.

Na tarde desse domingo (19), o Flamengo receberá o Corinthians na Ilha do Urubu. Visando garantir a classificação para a Copa Libertadores através Campeonato Brasileiro, uma sequência de vitórias prova-se fundamental para a retomada nesse fim de temporada. Caetano ressaltou a importância do apoio dos torcedores rubro-negros nesse processo.

"Nossa esperança é de que a gente reaja nesses jogos dentro de casa. Que possamos reeditar bons jogos que fizemos. Tenho certeza que o torcedor, mesmo o que vai para cobrar, no seu direito, é Flamengo. Ele quer ver seu time vencer. O retrospecto na Ilha e no Maracanã mostra o quanto dependemos do nosso torcedor. Espero que eles nos apoiem do início ao fim e que possamos, no final, atingir a vitória nesses três jogos, que são fundamentais para nós", projetou o diretor de futebol.

Confira a entrevista coletiva de Rodrigo Caetano na íntegra:

Fonte: Flamengo Oficial

Comentários

Jogos

Copa Sulamericana 2017
Independiente - ARG
Independiente - ARG
- x -
Flamengo
Flamengo

A NETFLA

O portal tem como objetivo manter todos os torcedores e amantes do Flamengo informados sobre tudo que acontece no clube. Buscamos informações nas principais fontes de notícias sobre o Mais Querido do Mundo!!

Redes Sociais