Rio - Francisco da Costa, artilheiro do Bolívar, adversário do Flamengo nas oitavas de final da Libertadores, deverá deixar o clube boliviano. O atacante brasileiro tem negociações avançadas com o Cerro Porteño, do Paraguai. A informação é do jornalista César Luis Merlo.
Os detalhes finais da operação estão sendo discutidos, com valores que giram em torno de 2 milhões de dólares (cerca de R$ 10,8 milhões). O Grêmio chegou a sondar o jogador, mas não oficializou proposta ao Bolívar.
Chico, como é apelidado, é o artilheiro do Bolívar em 2024 e um dos principais jogadores do clube. Em 16 jogos, marcou 12 gols e anotou cinco assistências. Pela Libertadores, é o goleador da equipe, com cinco bolas na rede.
Flamengo e Bolívar se enfrentam somente em agosto pela primeira fase de mata-mata da Libertadores. No dia 15, às 21h30 (de Brasília), acontece a ida, no Maracanã. Na semana seguinte, em La Paz, também às 21h30 (de Brasília), a bola rola para o duelo da volta.