Douglas já no estádio Centenário - Reprodução / Redes sociais

Douglas já no estádio Centenário Reprodução / Redes sociais

Rio - Baleado na perna pouco depois da final da Libertadores contra o Palmeiras, em Montevidéu, o rubro-negro Douglas Hassel Saes teve a ajuda do meia Arrascaeta, do Flamengo, para conseguir voltar ao Brasil O uruguaio usou as redes sociais para informar que o torcedor retornará nesta terça-feira (30), após tê-lo ajudado com a compra da passagem.
— Passando aqui para falar para vocês que nosso amigo Douglas, amanhã, já está retornando para o Brasil. A gente conseguiu ver um passagem para ele. Se Deus quiser, amanhã já vai estar em casa — avisou o jogador.
Douglas foi atingido na saída de uma pizzaria no bairro de Sur, na capital uruguaia. De acordo com informações do "portal Montevideo", a bala acabou lesionando o pé esquerdo e no joelho da mesma perna do torcedor. Ele foi socorrido no Hospital Maciel. Posteriormente, os médicos acabaram indicando que o "ferimento em projétil no membro inferior esquerdo com fratura da coluna tibial, com comprometimento do ligamento cruzado anterior".
Ainda não se sabe a origem do disparo, mas a Polícia encontrou 12 cápsulas calibre 9mm no local do ocorrido. Como ele voltaria com uma caravana para Porto Alegre, o perfil oficial da Raça Rubro-Negra, torcida organizada que Douglas faz parte, fez posts em suas redes sociais explicando a situação do jovem brasileiro e pedindo ajuda para a vaquinha.