Logo Netfla

Apoiado pela nação, Fla cansa no fim, mas bate Pinheiros "em casa" e é líder

 


Derrotado pelo Pinheiros no primeiro turno do NBB 8, o Flamengo até deu o troco nesta sexta-feira, em São Paulo, mas teve de suar a camisa. Depois de abrir 19 pontos no primeiro tempo, os visitantes, que nem pareciam que jogavam longe de casa, quase permitiram a virada do time paulista. Com o torcedor rubro-negro em maior número no ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, o time do técnico José Neto sentiu o cansaço em virtude da maratona de quase 40 horas para ir e voltar de Barquisimeto, na Venezuela, cidade que sediou as semifinais da Liga das Américas e também receberá o Final Four da competição, dias 11 e 12 deste mês, mas segurou a pressão dos donos da casa nos minutos finais, venceu por 81 a 75 (42 a 29) e se manteve na liderança isolada da competição. 

Com 17 pontos, o ala Marquinhos foi o principal personagem da vitória do Flamengo. Marcelinho e Jason Robinson, cada um com 13, e Rafael Mineiro, com 10, também tiveram boas atuações. Pelo lado do Pinheiros, Humberto foi o destaque. Com 25 pontos, o ala foi o cestinha da partida. Lucas Dias fez 18 e Mineiro, 16.

Flamengo x Pinheiros, basquete, NBB (Foto: Daniel Forley/ECP)Marcelinho teve atuação destacada no jogo
(Foto: Daniel Forley/ECP)

O JOGO

Lucas Dias até tirou o primeiro zero do placar para o Pinheiros, mas os 10 minutos iniciais foram todos do Flamengo. Comandados por Marquinhos e Jason Robinson, responsáveis por 13 dos 24 pontos do time carioca, os líderes do NBB 8 acertaram 53.3% dos arremessos de quadra e não deram qualquer chance para os donos da casa. Depois de abrirem sete pontos logo no começo do período, os rubro-negros deslancharam no marcador e venceram por 13 pontos de diferença.

Os paulistas também começaram melhor no segundo quarto, fizeram 4 a 0 e diminuíram a vantagem rubro-negra para nove pontos. Mas a reação do Pinheiros parou por ai. Com um quinteto todo novo em quadra - Ronald Ramon, Rafael Mineiro e Marcelinho Machado ainda entraram no fim do primeiro quarto e se juntaram a Gegê e Marquinhos -, o Flamengo reagiu, retomou o controle do jogo e chegou a abrir 19 pontos numa bola de três de Marcelinho. A equipe paulista ainda cortou o prejuízo para 11, mas com dois pontos de Marquinhos os atuais tricampeões foram para o intervalo vencendo por 13. 

Confira a tabela a classificação do NBB 8

O Pinheiros voltou disposto a estragar os planos do Flamengo de viajar para a Venezuela com mais duas vitórias pelo NBB na bagagem - a equipe carioca enfrenta o Caxias do Sul, no domingo, antes do embarque para Barquisimeto. Com uma marcação agressiva e Lucas Dias e Humberto inspirados no quarto - a dupla anotou 19 pontos -, os donos da casa dominaram o período, tiveram a oportunidade de empatar com Holloway na linha de lance livre, mas não aproveitaram e permitiram que os cariocas fossem para o último quarto vencendo por 63 a 58.

Os donos da casa continuavam melhores e rapidamente chegaram ao empate. Bennett ainda teve outra oportunidade de colocar os paulistas em vantagem, mas o americano errou os dois lances livres e desperdiçou a chance. Mas Mineiro, não. Com um arremesso convertido pelo pivô, os donos finalmente passaram a frente. Marquinhos, no entanto, tratou de dar o troco e, com uma bola de três na jogada seguinte, recuperou a liderança para o Flamengo. Rafael Mineiro, com mais dois, e Marcelinho, com outra de três, estenderam a vantagem para seis pontos, a pouco mais de quatro minutos para o fim.

Flamengo x Pinheiros, basquete, NBB (Foto: Daniel Forley/ECP)Ronald Ramon em ação pelo Flamengo diante do Pinheiros (Foto: Daniel Forley/ECP)


Em noite inspiradíssima, Humberto anotou uma bola de três e diminuiu a diferença para apenas dois. Mas a alegria dos donos da casa durou apenas alguns segundos. No lance seguinte, Marcelinho deu o troco na mesma moeda e recolocou o Flamengo cinco pontos à frente. Se Mineiro desperdiçou a chance de diminuiu a diferença para três, Robinson não. Com dois pontos a pouco mais de um minuto para o estouro do cronômetro, o americano aumentou a vantagem rubro-negra. Mas o cansaço parecia atrapalhar os atuais tricampeões.

Quando parecia que o jogo estava resolvido, Rafael Mineiro e Ronald Ramon se atrapalharam, deram a bola de graça para o Pinheiros, e o jogo ficou dramático. Para piorar, Humberto acertou sua quinta bola de três e diminuiu o prejuízo para dois pontos, a 48 segundos para o fim. Ramon teve a chance de abrir quatro de frente e matar o jogo, mas o dominicano desperdiçou os dois lances livres. Só que desta vez Humberto errou o chute de três no ataque do time paulista. Ao contrário de Rafa Luz. Depois de sofrer falta, o armador acertou os dois lances livres e assegurou de vez a vitória do Flamengo. 

Fonte: Globo Esporte

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3 dias, 16 horas a partir de agora
Brasileirão - Série A
CruzeiroCruzeiro
X
FlamengoFlamengo
Sab 21/09 / Mineirão / 17h00
Brasileirão - Série A
FlamengoFlamengo
1 x 0
SantosSantos
Últimas
+ Lidas da semana